ESTE BLOG VISA A DIVULGAÇÃO DA DOUTRINA DOS ESPÍRITAS DAS RELIGIÕES ALLAN KARDEC, UMBANDA E CANDOMBLÉ .
TODAS AS POSTAGENS AQUI NÃO TEM A INTENÇÃO DE INFLUENCIAR NINGUÉM EM SUA BUSCA RELIGIOSA. QUE ESTE BLOG SIRVA DE PESQUISAS, BATE PAPOS E TROCA DE IDÉIAS...

Umbanda Campinas tem objetivo de divulgar endereços de Centros de Umbanda e Centros Espírita e Centros (roças) de Candomblé.
Abrimos espaço para a divulgação de Centros, seja de Umbanda Candomblé, Centros Espíritas Allan Kardec e Centros de Quimbanda, matérias e artigos.
Aqui está o maior Blog do interior do Estado de São Paulo, localizado na cidade de Campinas-SP.
aqui você pode divulgar suas informações coisa tudo sobre as religiões Afros Brasileiras e também coisas sobre o Kardecismo.
Bom, aqui há vários artigos de umbanda para aprimorar e conhecer mais sobre Umbanda e Candomblé , além disso o Umbanda Campinas tem rádio no Blog e Sala de bate Papo para nós comentarmos Sobre esse Assunto Das Religiões Espíritas de Campinas.

Arquivos do blog Umbanda Campinas

sábado, 18 de dezembro de 2010

Hinos e Cânticos e Pontos

O Hino em Umbanda Superior, obedece a propósitos diferentes e por conseguinte elevados, como meio termo e equidistância: nem a negação completa e sistemática da invocação pelo canto, - como se o melhor dos espíritas da Terra dele não precisasse também, e pela sua "pureza" pudesse dispensa-lo! - nem tampouco no outro extremo, aceitando o que há de berrante e errado, de feio e inferior nas outras escolas que adotam o canto, especialmente as diversas formas de Africanismo em geral.

Os Cânticos ou Hinos devem ser cantados, em princípio, exclusivamente durante a Abertura e o Fechamento dos Trabalhos Espirituais, tal como o próprio Allan Kardec permitia em suas sessões públicas ou particulares. Tome-se boa nota, porém, que, no final, em homenagem a esse propósito desapaixonado, vertical e muito cordial de aproveitar um pouco do que há de belo em todas as correntes espíritas, a última palavra no encerramento será uma prece de agradecimento a Deus, a Jesus, aos Guias Mentores da Obra e, por fim, ao Guia Espiritual da Casa.

Em Umbanda Eclética, Superior e verdadeira, de modo nenhum deve ser imitado o mau hábito contraproducente de bater palmas e cantar, como fazem, um ponto para cada entidade que incorpora, inclusive o guia Chefe, porque aí ocorre uma enfadonha liturgia de homenagens que só têm a finalidade de alimentar a vaidade dos médiuns, a esta altura muito distantes do Evangelho e dos preceitos simbólicos humildes, que a Doutrina preconiza e demonstra com fatos



HINO À FRATERNIDADE UNIVERSAL
Yokaanam:.
I
- No Céu, no Céu,
Fulgente luz apareceu... (bis) Refrão
Iluminando a Terra inteira do Senhor
Com o Evangelho Seu! (bis)


II

O Archote de Deus, empunhando...
A trombeta novamente ecoou;
E, as Trevas do Mundo dissipando,
Os rebanhos de Cristo unificou.

(Repete: No Céu, no Céu... etc.)


III

Desfraldada, a Bandeira de Jesus,
Eis a Obra de Paz Divinal!
Salve a Fé e o Evangelho, salve a Cruz
E a Doutrina do AMOR UNIVERSAL!

(Repete: No Céu, no Céu... etc.)
HINO DE LICENÇA
- Ao Mestre São Jerônimo, Patrono Espiritual de Umbanda Eclética Superior
Yokaanam:.

Eu recebo ordens
De BRAHMA nas Alturas... (bis)

Senhor do Universo
E de todas as criaturas!

O Mestre "Quatro Luas"
No "Terreiro" está,
Com a Virgem Maria
E seu Pai Oxalá.

Ele quer PAZ, CARIDADE, FÉ e AMOR! (bis)

No "Terreiro" de Ogum, Oxóce e Xangô...
Xangô!...

CÂNTICO DE CHAMADA
Yokaanam:.
I
A lua lá no Céu brilhou
E a mata virgem estremeceu... (bis)

Aonde anda o Mensageiro de UMBANDA
Que até agora não apareceu!


II

A luz lá no Céu brilhou
E a mata virgem estremeceu... (bis)
Vinde até nós, ó Mensageiro de UMBANDA
Com vossa luz que à alma apeteceu (bis)

III

A luz lá no Céu brilhou
E a mata virgem estremeceu... (bis)
Reine Jesus em nossos corações, e UMBANDA
Derrame a Luz que à alma apeteceu. (bis)
ODE AO SOL...
- (Homenagem ao Divino Mestre!)
Yokaanam:.
I

Estrela de Luz Divina,
O Sol fecunda e ilumina
A HARMONIA DO UNIVERSO...
Um ponto que se incendeia,
E pelo Amor de Deus medeia
O AMOR DE DEUS NO UNIVERSO... (bis)


II

A luz do Sol, não se apaga,
E nem o mar nunca se alaga...
Ambos são CENTROS DE VIDA!...
E há de ser, a luz do Sol,
Da nova Aurora, o arrebol,
Dando, à Vida, nova Vida. (bis)


III

Dá-nos, Pai, merecimento,
Para, na graça de um momento,
A TUA DIVINA LUZ
Recebermos, como na Terra,
A Luz, que o Sol também encerra!...

A TUA DIVINA LUZ!...
A TUA DIVINA LUZ! (bis)
(Em surdina)


Hinos a serem usados no desenvolvimento mediúnico e/ou homenagens:
POR DETRÁS DAQUELA SERRA...

Por detrás daquela serra,
Há uma linda cachoeira; (bis)

Ele é Xangô
Já arrebentou sete pedreiras (bis)

EU CORRI TERRA...

Eu corri terra, eu corri mar,
Até que eu cheguei no meu País... (bis)

Ora, viva Oxóce na mata,
Que a folha da mangueira, ainda não caiu. (bis)


OXÓCE SOBE SERRA...

Oxóce sobe serra e desce serra,
Olha na Aruanda, auê!
Oxóce é caçador lá na Aruanda,
Olha na Aruanda, auê!

ESTRÊLA D'ALVA

Estrela D'Alva, é nossa Guia
Clareia o Mundo sem parar, (bis)

Ilumina a Mata Virgem,
Cidade de Jurema. (bis)


CONGO MARAVILHA

Rei Congo, Mujongo, Maravilha...
É quem manda, aruê!
Sarava!

Rei Congo Mandou chamar.
E é quem manda. Aruê!
Sarava!

MATA VIRGEM

Ô! Mata Virgem, que mata é a sua (bis)
- É onde pia a cobra, onde canta o sabiá... (bis)
Eu vim de longe, vim da terra do cajá...
- Oi vá chamar seu povo, que eu quero sarava (bis)



NA SUA ALDEIA...

Na sua aldeia tem os seus caboclos,
Na sua aldeia tem cachoeirinha,
No seu saiote tem pena dourada,
Seu capacete brilha na alvorada.

ARRIA, MENSAGEIRO...

Arria, mensageiro,
Mensageiro de Umbanda
Arria, Mensageiro,
Mensageiro, Jurema!


VIVA OXÓCE

Oi viva Oxóce!
Oi viva Oxóce... ah!
Ele é caboclo do Mato,
Oi viva Oxóce... êh!

Quando ele chega no Reino,
Vem salvar seus filhos... êh!

PAI JOAQUIM...

Pai Joaquim, êh! êh!
Pai Joaquim, êh! ah!
Pai Joaquim, chegou de Angola,
Pai Joaquim, é de Angola, angola... Oi!


NA CIDADE DE JUREMA...

Na Cidade de Jurema, houve um tiroteio;
Sua Cabana, Oxóce abandonou...

Ô Juremê! Ô Jurema
O Rei da Mata mandou te chamar (bis)

VAMOS SARAVÁ OGUM...

Vamos sarava Ogum no terreiro!
Vamos sarava Ogum no terreiro! (7 vêzes)


PEDIDO DE CLEMÊNCIA...
(para o doente)

Oxalá, meu Pai,
Tem pena de nós, tem dó,
A volta do mundo é grande,
Teu poder inda é maior

CÂNTICO DE ADVERTÊNCIA...
(para o doente)

Ai, não me mexa na pedra de Xangô,
Ai, não me mexa na espada de Ogum,
Ai, não me mexa no ponto de Oxóce...
Lá na mata tem um capitão Caçador.


PEDIDO DE SOCORRO...
(para o doente)

Ogum, quando chega no Reino,
Todos dizem que ele é temeroso!
Vinde Ogum! Salve a Lei do Senhor neste Reino!
Sois o Bem, sois valoroso!

HINO A YEMANJÁ

Quem quer me ver sobre a Terra,
Quem quer me ver sobre o mar,
Salve as Ondas e s Sereias,
Salve os Filhos de Yemanjá! (bis)

Ê... ruê... ruê... ê
Ê... ruê... rua... á
Ê... ruê... ruê... ê (bis)

Salve Nossa Senhora,
Nossa Mãe Yemanjá
Ê... ruê... ruê... ruá
Ê... ruê... ruê... rua


QUEM VEM LÁ DE TÃO LONGE
(Chamada de Ibejês)

Quem vem, quem vem lá de tão longe?
- São os anjinhos que vêm trabalhar!... (bis)

Ó daí-lhes forças pelo Amor de Deus
Meu Pai,
Ó dá-lhes forças aos trabalhos seus.

ANDORINHA QUE VÔA...
(Despedir Ibejês)

Andorinha que voa, que voa, Andorinha
Leve esse Anjinho pro Céu, Andorinha (bis)

Xô, xô, xô, Andorinha
Leve esse Anjinho pro Céu, Andorinha (bis)


CÂNTICO DE AGRADECIMENTO
(Usado nos trabalhos de Expurgo Psíquico)

Ogum-Yara!
Ogum-Megê (bis)

Na serra de Humaitá,

Com seu cavalo arreado!
Ogum!
Viva seu Pai Oxalá!...
Ogum... (bis)
CÂNTICO DE TRIUMFO

Ogum venceu demanda
No campo de Humaitá (bis)

É o Pai quem a vitória nos dá
Ave Sua Justiça que manda! (bis)

Nenhum comentário:

Atenção!

O Artigo Que você Clica Irar Aparecer La em Baixo !

Sala De Bate Papo Umbanda Campinas